20 Coisas que Você Precisa Saber Antes de ir Morar em Montreal

Você já pensou em morar numa cidade multicultural, bilíngue e cheia de atividades para fazer o ano inteiro? Talvez Montreal seja a sua cidade! Quer descobrir porquê? Então continue lendo este artigo até o final…

Em 2015, Montreal foi classificada como um dos melhores lugares do mundo para se viver pela revista Economist, bem como a melhor cidade do Canadá para ser um estudante, conforme relatado pela Global News.

Além dos grandes rankings, há muito mais que você precisa saber sobre essa bela cidade antes de decidir preparar as malas e se mudar para lá.

Estas 20 coisas que você precisa saber antes de se mudar para Montreal te ajudarão a preparar o terreno antes da chegada:

1) Há sempre alguma construção acontecendo. E é chato. Especialmente no verão.

Prepare-se para treinar a paciência no trânsito. Construção parece ser uma história sem fim ao redor da cidade, especialmente no centro.

Com principais ruas turísticas como a Rua Peel fechada durante todo o verão para a reforma das ruas e novos edifícios surgindo em uma taxa insana, é melhor você estar preparado para o trânsito em cada esquina do centro da cidade.

O melhor mesmo é ir ao centro de metrô e evitar este inconveniente.

2) Multas de estacionamento são distribuídas como doces em aniversário de criança.

É uma piada que corre ao redor de Montreal que os policiais de estacionamento literalmente se escondem atrás dos arbustos, prontos para atacar seu carro no minuto em que seu “estar” expira.

Quando o Prefeito de Montreal mudou para a cidade, ele acumulou um total de 20 multas de estacionamento em um período de 3 meses devido à sinalização escondida e confusa por toda a cidade.

Merci, Montreal.

3) Montreal possui uma comunidade altamente multicultural.

Embora Toronto tenda a predominar as manchetes como a cidade mais diversificada do Canadá, Montreal tornou-se extremamente cosmopolita, com um terço de sua população nascida fora do país.

Isso significa que seu círculo de amigos poderá facilmente ser constituído de europeus, libaneses, coreanos, latinos, africanos e outros.

viver em montreal

4) Você pode se dar ao luxo de comprar ou alugar um lugar decente para viver.

De acordo com um relatório do banco RBC sobre as tendências de habitação e acessibilidade, a compra e aluguel de propriedades no Quebec está mais acessível agora do que tem sido na última década.

Morar no Quebec oferece uma diferença gritante se comparado ao salário que você precisaria ganhar para viver numa casa modesta na periferia de uma cidade na costa oeste.

5) Você não precisa falar francês, mas ajuda. Muito.

Por mais bilíngue que Montreal seja, e por mais que haja muitos anglófonos, Francês ainda é a língua dominante e um grande diferencial, principalmente quando você está lidando com qualquer coisa relacionada ao governo.

Pergunte a qualquer jovem profissional que não fale francês sobre uma experiência negativa que ele tenha tido com as leis de idioma, e você vai ter histórias para dias.

Uma pequena dica? No mínimo, aprenda o básico; as pessoas apreciam quando você faz ao menos um pequeno esforço.

frances do quebec

6) Se você é um foodie (amante da gastronomia), você estará no céu em Montreal.

Com uma infinidade de restaurantes de classe mundial abrindo a todo momento pela cidade, a uma velocidade muito mais rápida do que você é capaz de acompanhar, é fácil ver por que as pessoas de todo o mundo vão a Montreal para comer … e nunca mais vão embora.

Montreal é a cidade na América do Norte com maior número de restaurantes por habitante, na frente até mesmo de Nova Iorque e São Francisco.

7) 01 de julho é o Dia Oficial da Mudança.

No resto do Canadá, o primeiro de julho é passado celebrando o dia do Canadá, mas no Quebec, é dia de estar com as malas prontas.

De alguma forma, 01 de julho tornou-se extra oficialmente o “Moving Day” – o dia em que milhares de montrealenses se mudam para suas novas casas.

Nosso conselho? Planeje para se mudar alguns dias antes ou depois, pois é uma real loucura!

mudar para montreal

8) Há sempre algo acontecendo. Todas as noites.

Bares, restaurantes, e casas noturnas parecem basicamente fechar quando lhes dá vontade. É isso mesmo, diferente de muitas outras cidades do Canadá, como Vancouver, onde, assim que o relógio marca 2:00 da manhã, todas as apostas estão fora.

Mesmo às segundas-feiras em Montreal nunca são chatos. Obviamente, não é como no Brasil, onde o lema “Aberto até o último cliente fechar” predomina. Porém, para os níveis da América do Norte, o agito vai além do esperado.

vida noturna montreal no inverno

9) Montreal é a capital estudante da América do Norte.

Lar de 180.000 estudantes universitários, Montreal é conhecida por seu ambiente acadêmico de primeira classe.

Montreal tem a maior concentração de alunos de pós-secundário de todas as principais cidades da América do Norte (4,38 alunos por 100 habitantes, seguido de Boston com 4,37 alunos por 100 habitantes.)

Isso também significa muitas festas e ambientes jovens!

estudantes

10) É um lugar elegante.

Montrealenses fazem um esforço extra para manter uma boa aparência. Seja trabalhando num café durante o dia ou passeando pelas ruas à noite, você raramente vê botas Ugg (que parecem pantufas de casa) e moletons.

Ainda assim, cada pessoa é respeitada pelo seu estilo próprio de vestir e de ser, e há ambientes para todos os gostos.

view-montreal

11) Esteja preparado para pagar muitos impostos…

De acordo com um novo estudo do Instituto Fraser, os contribuintes do Quebec estão pagando alguns dos impostos mais altos na América do Norte.

O estudo revelou que os impostos no Quebec – imposto de renda, especialmente pessoal – são desproporcionais às médias em todo o Canadá e os Estados Unidos.

Para dar uma ideia, se você está recebendo um salário de $50.000 por ano, você vai pagar 16,37 por cento em impostos sobre o rendimento pessoal, a taxa mais alta entre todas as províncias canadenses e estados norte-americanos.

Comece a poupar os tostões! Não precisa dizer, que em muitos casos, compensa, por ter segurança, educação e saúde gratuitas e quase sempre, de qualidade.

12) Os ciclistas são consideravelmente agressivos.

Se você está pensando em ter um carro em Montreal, haverá pelo menos uma situação em que você encontrará um ciclista que está pedalando feito louco, sabe-se lá pare onde.

A dica é: mantenha-se atento, especialmente quando se trata de abrir as portas do carro (conhecido por dooring, ou portada).

Em Montreal é muito comum acidentes em que o motorista abre a porta do carro e o ciclista bate. Não precisamos dizer que o resultado é desastroso para ambos, não é?

bicicleta montreal

13) Você pode (e provavelmente vai) ser multado por cruzar fora da faixa.

A multa é de $156 para um pedestre que atravessar a rua fora da faixa ou em qualquer outro sinal que não seja verde … mesmo um sinal amarelo pode resultar em multa. Não corra o risco – não vale a pena, literalmente.

ruas de montreal

14) Você pode plantar suas flores e vegetais num jardim próximo à sua casa.

A cidade de Montreal possui cerca de 100 jardins comunitários onde você pode “adquirir” um pequeno lote para plantar seus legumes e verduras. Dezoito bairros oferecem aos cidadãos os terrenos para fins de jardinagem.

Em alguns bairros, um animador de horticultura visita regularmente o jardim para dar conselhos aos jardineiros. Alguns bairros também oferecem jardins adequados para pessoas com mobilidade reduzida.

A cidade fornece até o material: terra, água, caixa de ferramentas, mesas, cercas, areia, pintura, flores, etc. Os participantes em cada horta comunitária eleger uma comissão que toma voluntariamente a responsabilidade pelo jardim.

Para obter mais informações, visite a página sobre os Jardins Comunitários.

jardim

15) Fumar ainda é cool em Montreal.

Bem, pelo menos ainda é aceito. Talvez seja a natureza europeia de Montreal e o sex appeal da old school que vem com o consumo de cigarros, mas as pessoas ainda apreciam uma fumacinha venenosa mais do que a maioria das outras cidades canadenses.

Mas cuidado: isso não significa que você possa fumar em ambientes fechados: Não existem áreas específicas para fumar em bares ou restaurantes. Hoje é proibido, inclusive, fumar nos terraços e a menos de 9 metros de portas ou janelas.

Uma coisa é certa, você irá pensar duas vezes antes de sair fumar quando fizer -30०C lá fora.

16) As pessoas não vão pensar que você é estranho se você comer poutine no café da manhã, almoço ou e jantar.

O prato nacional do Quebec é um prato cheio de batatas fritas, queijo coalho e molho. Sim, é tão bom quanto parece. Ou não. E pode ser comido a qualquer momento sem culpa.

Só não vale reclamar das gordurinhas extras depois e por a culpa no inverno!

poutine quebec

17) Encontrar um médico de família pode ser bem demorado, a menos que você tenha conexões.

Há uma grave escassez em Montreal quando se trata de médicos de família aceitarem novos pacientes. Você pode ver como funciona e se inscrever para conseguir um médico neste site.

Prepare-se para uma longa jornada para encontrar um. A menos que você conheça um amigo de um amigo que tenha um médico na família ou viva no afluente Westmount.

medico quebec

18) O hóquei é uma religião.

E ao contrário de algumas outras cidades canadenses, em Montreal, a religião realmente tem razão para ter esperança (segundo eles).

Além disso, não use uma camiseta de Boston. Nunca. (Os Bruins de Boston são os inimigos mortais dos Canadiens de Montreal).

hockey montreal canadians

19) Há bairros para tudo e todos.

Se você prefere viver uma vida em alto estilo ou quiser mergulhar no Hipsterville (cidade hippie), Montreal tem algo a oferecer para todos.

Desde o ostentoso bairro (município, na verdade) de Westmount, passando pelo ativo Canal Lachine até as ruas descoladas do Mile End, você nunca vai ficar entediado em Montreal. Basta escolher o bairro certo para você e sua família.

No Guia de Habitação do Viva Quebec falamos sobre todos os bairros de Montreal, dando informações sobre estilo e custo de vida, transportes, arredores, etc. Confira!

bairros montreal

20) A Antiga Montreal (Vieux-Montréal) é como um pedaço da Europa fora dela.

Ruas de paralelepípedos, carruagens puxadas por cavalos, belos cafés, restaurantes e uma arquitetura centenária representam uma reminiscência da velha Europa que podem ser encontrados a uma curta distância do centro de Montreal, no Velho Porto.

velho porto montreal

 

E aí, ficou com vontade de conhecer a cidade? Quer saber mais sobre como você pode morar em Montreal? Confira o Guia de Habitação do Viva Quebec e saiba tudo o que precisa!

Como morar no Quebec

 

Comentários

7 Comments

Leave a Reply

Translate »