Por que a área de TI é tão atraente para imigrantes no Quebec?

O mercado em crescimento, a economia forte e favorável, a cultura empreendedora com startups e a regulamentação da área favorecem os brasileiros da área que pretendem imigrar para o Quebec

O fato do setor estar em crescimento favorece, por isso não é incomum o “ouvi dizer” que imigrantes que são profissionais da área de Tecnologia da Informação e Comunicações (TIC) têm mais facilidades para conseguir emprego na província do Quebec, no Canadá.

A realidade é que a indústria da Tecnologia da Informação e Comunicação está prosperando tanto em Montreal, como em outras cidades do Quebec.

As empresas de TIC lideram a economia da Grande Montreal, com crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) duas vezes mais rápido que a economia como um todo no País.

Montreal se destaca porque é uma cidade que vive a rotina digital e abriga três festivais digitais, com uma penetração maior em relação a smartphones e utilização de meios de comunicação social do que o resto do Canadá.

Não é à toa que Montreal foi reconhecida pelo prestigiado Intelligent Community Forum (ICF) como uma das 21 cidades inteligentes, em 2014, ficando, ainda, entre o Top 7 em 2016. A cidade tem mais de 20 iniciativas inteligentes.

Pontos favoráveis da economia gerados pelo setor de Tecnologia da Informação e Comunicações:

  • Representa mais de 91 mil postos de trabalho em Montreal (8% da força de trabalho).
  • Soma 73% dos postos de trabalho no Quebec.
  • Reúne 5 mil empresas.
  • Gera um PIB de US$ 10 bilhões.
  • Gera US$ 21 bilhões em receita operacional das empresas.
  • Ocupa o terceiro lugar em crescimento no setor de TIC na América do Norte

Perspectivas

É claro que todo esse panorama atrai profissionais que trabalham como programadores, web-designers, especialistas em redes, computadores, desenvolvedores, etc, de todo o mundo. As perspectivas são muito boas para esses profissionais.

A província do Quebec também é conhecida pelo crescimento de ações empreendedoras com startups nos últimos anos. Esta é uma cultura enraizada na mentalidade do quebequense.

Ainda assim, a província carece de trabalhadores qualificados e experientes em algumas áreas de TIC muito específicas, a exemplo de bons desenvolvedores Java.

Salários atraentes

O salário básico na área de TIC no Quebec é bastante atraente. Um desenvolvedor Java, por exemplo, pode chegar a um salário anual de C$ 80 mil/ano com 4 ou 5 anos de experiência. O salário de um gerente de projeto pode ficar em torno de C$ 100 mil por ano.

Além disso, trabalhadores deste setor, muitas vezes, têm benefícios extras de seu empregador, como semanas adicionais de férias ou a formação paga.

O mercado é mais difícil para os recém-formados ou candidatos estrangeiros, mas a experiência é um ponto favorável e pode ajudar na hora de conseguir um emprego.

Formação

Para trabalhar na área, um bacharelado em Ciência da Computação, Engenharia da Computação ou Gestão de Tecnologia da Informação é bem visto pelos empregadores.

Alguns empregadores exigem formação universitária, mas formação técnica ou certificações de gerenciamento de rede também podem causar boa impressão.

Facilidades

Para os brasileiros que pretendem imigrar para o Quebec, o cenário, é claro, favorece os profissionais de TIC porque há uma facilidade, também, em relação à regulamentação da profissão.

As qualificações obtidas no Brasil não precisam ser credenciadas no Canadá. Ou seja, são suficientes para ingressar no mercado de trabalho canadense.

Importante ressaltar que o mercado canadense valoriza as certificações na área de Tecnologia da Informação e Comunicações. Se você tem certificados na área, isso ajuda a conseguir emprego.

Os 6 trabalhadores de TIC mais requisitados

Dentre as vagas publicadas no site de empregos Jobboom, na área Tecnologia e Mídias Digitais, destacamos estas listadas abaixo como as mais requisitadas:

1. Analista de Negócios

O analista de negócios desenvolve indicadores de análise de desempenho e relatórios para as necessidades de negócios corporativos. Ele analisa dados de várias fontes para produzir recomendações para a realização dos objetivos. Ele deve possuir excelentes conhecimentos de bases de dados e ferramentas de análise. O nível de estudos necessários é o bacharelado.

2. Desenvolvedor / Web Integrator

Desenvolvedor é quem integra as páginas da Web. Ele cria e adapta páginas de códigos e vários módulos integrados. Deve ter um excelente conhecimento de várias linguagens de computador.

3. Analista de sistemas

Contribui para o desenvolvimento e implementação de sistemas, programas ou banco de dados para atender às necessidades de negócios corporativos. É necessário ter bacharelado.

4. Programador de Software

Desenvolve algoritmos de programação e aplicativos da Web. Corrige programas com problemas técnicos, modifica e os atualiza. É preciso bacharelado.

5. Gerente de Projeto

Coordena recursos materiais, temporais e humanos associados a um projeto de Tecnologia da Informação para garantir a realização dos objetivos no prazo e no orçamento. É necessário ter bacharelado.

6. Administrador de Sistemas

Projeta e desenvolve redes de computadores e sistemas de gestão empresarial. Ele garante e adequa a operação, atualização e otimização. Analisa e resolve problemas técnicos relacionais a redes ou sistemas de recursos físicos e de software. É exigido bacharelado.

Não esqueça que um ponto favorável no mercado de trabalho da província do Quebec é ter o francês afiado. Veja AQUI por que o francês é tão importante para conseguir um emprego no Quebec!

Comentários

Leave a Reply

Translate »